Carnaval 2020: mesmo debaixo de chuva, público curte Aparelhinho

Mesmo com mau tempo, os foliões aproveitaram a festa. No entanto, bloco não conseguiu desfilar pelas ruas do SCS

atualizado 24/02/2020 18:06

Jacqueline Lisboa/Especial para o Metrópoles

A chuva que caiu sobre a capital, nesta segunda-feira (24/02/2020), não impediu que foliões curtissem o Carnaval no Setor Carnavalesco Sul. Nomes como Filhos de Gueta, Bloco do Vento, Bloco Passo Largo, Aparelhinho e Bloco Maria Fumaça estão agendados para se apresentarem no decorrer da festa.

Nesta segunda, de acordo com organizadores do evento no SCS, são esperadas 10 mil pessoas no espaço até as 23h. No sábado (22/02/2020) e domingo (23/02/2020), a expectativa era de 30 mil em cada dia.

0

Em seu nono carnaval, o Aparelhinho não pôde manter sua tradição de desfilar pelo espaço neste ano. “O Aparelhinho é o bloco que anda, é empurrado pelos DJs. Mas com a chuva, não podemos andar hoje”, lamentou o DJ Ops, um dos três integrantes do grupo ao lado dos DJs Pezão e Barata.

O Aparelhinho teve início às 10h e segue até as 18h embaixo de uma das marquises do SCS. Com as dificuldades provocadas pela chuva e por problemas na estrutura do trio e no som, o bloco deve programar nova data para se apresentar em um pós-Carnaval. “Queremos anunciar uma nova saída. Ainda não tem nada certo, mas pensamos em marcar para o próximo sábado (29/02/2020), com o Divinas Tetas”, comentou o DJ.

Alexandra Gallindo, 26, anos participa do bloco desde o primeiro de desfile do grupo. Para a jovem, mesmo com chuva, a festa é garantida com o Aparelhinho. “Este ano, acabou fugindo um pouco [da tradição], porque eles sempre fazem todo um percurso e agora tiveram problema com o carro também, que quebrou”, pontuou.

“Mas eu estou amando, porque eu gosto que eles tocam música brasileira e são os três DJs mais conhecidos da cidade”, elogiou.

Últimas notícias