BBB21. Namorado de João avalia fala de Juliette: “Incômoda para mim”

Na web, a advogada foi acusada de ser bifóbica. Igor Moreira é bissexual e namora com João Luiz, que é homossexual, há quase cinco anos

atualizado 18/03/2021 19:11

Juliette, João Luiz e Igor MoreiraReprodução/Twitter

Na tarde desta quinta-feira (18/3), Igor Moreira, namorado de João Luiz, do Big Brother Brasil 21, usou as redes sociais para refletir a respeito de um comentário de Juliette feito na madrugada de hoje.

Em uma conversa com Carla Diaz e João Luiz, a sister falou sobre os homens da casa e questionou a preferência sexual de Lucas. Após o fato, na internet, ela foi acusada de preconceito contra bissexuais.

“Da pra gente gostar das pessoas e reconhecer o erro.  A fala da Juliette é bastante incômoda pra mim. Pq o Joao gay casado é com um homem bissexual. Então fica a reflexão aí né amados e amadas”, escreveu Igor.

Igor e João Luiz, ambos professores, estão juntos há quase cinco anos. Os dois tem planos de casar e oficializar o relacionamento.

0
Entenda o caso

Nesta quinta-feira (18/3), Juliette, que é uma das favoritas ao prêmio, conversava com João Luiz e Carla Diaz, quando reclamou dos homens da casa.

“Tá muito difícil ser mulher nesse programa. Os ‘cabra’ desse programa metade é casado, 20% é gay, os outros…”, disse ela, sendo interrompida por Diaz, que completou: “Tudo frouxo”.

Sobre Lucas Penteado, que desistiu do jogo depois de trocar beijos com Gilberto, Juliette comentou: “Ele não decidia se ele queria mulher ou homem”. João explicou à advogada: “Mas não precisa decidir. Ele é bi”.

O comentário repercutiu no Twitter e internautas apontaram bifobia por parte da paraibana.

Todo mundo desceu o cacete quando a Lumena foi bifóbica. Agora, só porque é a Juliette fazendo a mesma coisa, de repente bifobia virou algo relativo”, questionou um usuário.

Na mesma rede social, a equipe da advogada comentou o assunto.

“Juliette não é 100% desconstruída e com certeza vai ter falas discutíveis dentro do BBB. A gente não vai passar a mão na cabeça dela sempre, e nos comprometemos a, de verdade, mostrar os pontos em que cabe a ela estudar, aprender e evoluir”, escreveram.

Últimas notícias