*
 

Uma confusão generalizada terminou em pancadaria e virou caso de polícia no Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Os envolvidos foram levados para a 23ª DP (Ceilândia Sul).

A discussão entre vigilantes da unidade, pacientes e dois PMs ocorreu na noite de domingo (1º/7). Teria começado após a acompanhante de um paciente com sinais de embriaguez, que sofreu um acidente de moto, se exaltar e ofender um dos médicos de plantão, conforme explicou o delegado da unidade policial, Victor Dan.

Imagens feitas por pessoas que estavam no local mostram quando a mulher é colocada para fora. Na mesma gravação, um homem – com a perna engessada – aparece dando socos e, posteriormente, sendo imobilizado por vigilantes do hospital. Depois, foi empurrado para a calçada do pronto-socorro.

Um homem identificado como militar aposentado e outro fardado, este trabalhando no plantão que a PM mantém no HRC, se envolveram na confusão. O policial de serviço sofreu um corte na mão durante a briga com o casal.

De acordo com o Centro de Comunicação Social da PM, o policial que estava na companhia do casal faz parte do quadro de militares da reserva. Segundo a corporação, ele responderá administrativamente pelo episódio.

Os agressores foram levados para a 23ª DP e devem responder pelos crimes de desacato e lesão corporal.