*
 

A 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia) prendeu um dos acusados pelo assassinato da professora Symone Gomes de Araújo, 48 anos. O crime ocorreu na noite do dia 28 de outubro, na QNM 20, em Ceilândia.

A vítima foi atingida por um disparo de arma de fogo na garagem de sua residência quando realizava uma troca de veículos. Os dois autores subtraíram o carro dela, que foi localizado posteriormente no Setor Habitacional Sol Nascente.

Após ser baleada no peito, Symone foi socorrida ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC), mas não resistiu ao ferimento.

O delegado-chefe da 15ª DP, André Luis da Costa e Leite, contou ao Metrópoles que Cleiton Galdêncio de Souza, 20 anos, foi preso na sexta-feira (30/11), após a Justiça emitir um mandado de prisão temporária contra ele.

Até esta terça (4/12), ele negava participação no crime. Porém, foi flagrado escrevendo um bilhete para ser enviado a seu comparsa, combinando a versão que deu à polícia. De acordo com o delegado, a dupla planejava dizer que roubou apenas o estepe do veículo. Para Costa e Leite, não há dúvidas de que Cleiton e Wallison dos Santos Batistas, vulgo Ratinho, são autores do latrocínio (roubo seguido de morte).

A polícia procura por Wallison, suspeito de ser autor do disparo. A vítima era professora de educação física do Centro de Ensino Especial 01 (CEE 01) de Taguatinga.