Após troca de tiros, PMDF prende suspeitos de sequestrar pai e filha

Um dos criminosos acabou ferido e foi encaminhado ao Hospital Regional de Taguatinga

atualizado 16/11/2018 11:37

PMDF/Divulgação

Policiais militares da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) prenderam três suspeitos de roubar uma caminhonete e manter reféns pai e filha, uma criança de apenas 2 anos, na quarta-feira (14/11), em Samambaia. Houve troca de tiros com os criminosos e um deles acabou baleado.

Os PMs chegaram aos acusados após receberem informação de que o veículo que deu cobertura ao roubo circulava pelo Recanto das Emas na manhã desta quinta-feira (15).

Os militares foram até a região administrativa e conseguiram localizar o carro. Com a aproximação da viatura, os ocupantes do veículo atiraram contra os policiais e fugiram em alta velocidade. Houve troca de tiros e o automóvel foi abordado.

Um dos homens foi baleado e socorrido ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT). A PM prendeu outros dois homens e os encaminhou à delegacia para serem reconhecidos pela vítima.

Crime
O roubo com restrição de liberdade ocorreu na noite de quarta. A vítima se preparava para viajar com a família no feriadão quando foi abordado na porta da casa de uma tia, em Samambaia. O pai estava com a filha, de 3 anos, na cadeirinha do banco de trás.

Ele foi rendido por um assaltante, mas depois outros três entraram na caminhonete. Em um dos retornos, o homem, em desespero, se jogou do carro em um retorno e pediu ajuda à Polícia Militar.

A PM localizou a caminhonete na altura da QR 621. Os policiais deram ordem de parada. Nesse momento, os bandidos saíram em disparada e se envolveram em um acidente. Mesmo assim, só pararam em uma chácara, após bater em uma casa. Uma viatura chegou a capotar durante a perseguição.

Os acusados fugiram pela mata e, apesar de a PM ter utilizado cães farejadores e um helicóptero, em um primeiro momento, eles não foram localizados na noite de quarta. Os policiais encaminharam pai e filha ao Hospital Santa Marta, em Taguatinga. A menina, que estava na cadeirinha do banco de trás, no momento da abordagem, ficou muito assustada.

Segundo vídeos divulgados pela corporação, o pai, que seria um militar do Corpo de Bombeiros, disse ter sido rendido por um homem e, depois, entraram mais três na caminhonete. A 26ª DP (Samambaia) investiga o caso.

Também em Samambaia, um homem que tentava raptar uma aluna de 13 anos do Centro de Ensino Fundamental 427, em Samambaia, foi preso nessa quarta (14/11) após capotar o carro roubado durante uma perseguição policial na DF-180. O agressor e a menina frequentavam a mesma igreja e ele chegou a escrever um bilhete pedindo-a em casamento. A vítima conseguiu se desvencilhar do homem e correu de volta para a escola.

De acordo com o sargento Heitor Theodoro, um dos responsáveis pela prisão, uma viatura que passava pelo local viu o homem deixando o colégio em atitude suspeita e iniciou o acompanhamento. O agressor desobedeceu todas as ordens e só parou ao bater em outro veículo e capotar.

PMDF/Reprodução

“Ele dirigia de forma muito perigosa: quase atropelou pedestres, passou raspando em motociclistas e, por várias vezes, por pouco, não atingiu outros carros”, disse o sargento.

A perseguição, que começou em Samambaia, só terminou no Gama. Ao ser preso, o homem negou a prática de qualquer crime. Entretanto, com ele, a PM encontrou uma tesoura, utilizada para ameaçar a menina.

Após ser preso, ele foi encaminhado para a 26ª DP. Os policiais também buscaram a menina que seria o alvo do criminoso e a encaminharam para a delegacia para ser ouvida.

Mais lidas
Últimas notícias