Ambulantes vendiam ilegalmente álcool e máscaras no DF

Criminosos foram presos na Rua das Farmácias, na 302 Sul, nesta quarta-feira (01/04)

atualizado 02/04/2020 11:53

Material criminoso apreendido pela PCDFPCDF/Divulgação

Dois ambulantes, de 18 e 21 anos, foram presos nesta quarta-feira (01/04) pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) acusados de comercializar álcool em gel e máscaras descartáveis em desacordo com as prescrições legais. A ação foi em parceria com a Vigilância Sanitária do DF.

A prisão ocorreu na Asa Sul e foi realizada por agentes da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul). Segundo os investigadores, uma denúncia anônima levou ao paradeiro dos ambulantes, que vendiam os produtos ilegalmente na Rua das Farmácias, na 302 Sul.

Os suspeitos guardavam os fracos de álcool em gel dentro de um veículo, estacionado no local. Os jovens são de Luziânia (GO), no Entorno do Distrito Federal, e foram presos em flagrante.

De acordo com a Vigilância Sanitária, as máscaras vendidas não possuíam informações nos invólucros e não atendiam aos requisitos da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), pois não apresentavam duas camadas de proteção e filtro.

A 1ª DP também constatou que alguns dos frascos de álcool em gel foram fabricados por uma empresa autorizada a fabricar apenas álcool saneante.

Na operação policial, foram apreendidos: 120 máscaras brancas descartáveis; 32 frascos de álcool em gel; um galão de 5 litros de gel higienizador, 1 litro de álcool em gel da marca combate; R$ 1.176 em espécie e duas máquinas de cartão de crédito.

Últimas notícias