Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

Polícia faz operação para prender homem que assaltou mercado com fuzil

Quatro suspeitos, em um caminhão, invadiram o mercado, renderam funcionários e clientes com facas e uma arma longa que parecia um fuzil

atualizado 08/12/2021 7:37

Assalto com fuzis a supermercado de Vicente PiresReprodução

A Polícia do Distrito Federal (PCDF) deflagrou operação para desarticular um bando que usava réplicas de fuzis, do tipo airsoft, para assaltar mercados. Equipes da Divisão de Repressão a Roubos e Furtos I (DRF I) cumpriram dois mandados de prisão temporária e cinco de busca e apreensão, na Cidade Estrutural, em Taguatinga e em Ceilândia.

Com extrema violência, os integrantes do bando participaram de um assalto ocorrido em 6 de outubro deste ano, por volta de 22h, em um mercado localizado em Vicente Pires. Quatro suspeitos, em um caminhão, invadiram o mercado, renderam funcionários e clientes com facas e uma arma longa que aparenta tratar-se de um fuzil.

Confira imagens do roubo:

0

Durante a investigação ficou evidenciado que, na verdade, o suposto fuzil era um simulacro de arma de fogo, do tipo airsoft. O autor do roubo que segurava a réplica, um homem de 21 anos, foi preso em casa, na Estrutural, na tarde desta terça-feira (7/12). Lucas Junio Sousa Santos, 20 anos, teve a prisão decretada mas está foragido, no Pará.

Veja imagens do roubo:

Socos e chutes

Durante o roubo ocorrido no mercado, os quatro criminosos agiram com extrema violência, apontando as armas para vítimas, além de agredi-las com socos e pontapés. A ação dos bandidos foi registrada por câmeras de monitoramento existentes no local. As demais circunstâncias dos crimes e as dinâmicas táticas foram elucidadas pela equipe da DRF após investigação que durou dois meses.

Os criminosos são oriundos da cidade Estrutural, Ceilândia e Taguatinga, todos eles com antecedentes criminais. Inclusive, o homem de 21 anos, no momento do roubo do supermercado utilizava tornozeleira eletrônica por força de ordem judicial, inclusive o investigado a rompeu dias depois da prática do roubo no supermercado.

O homem de 21 anos, ainda foi autuado em flagrante pelo delito de tráfico de drogas e receptação de aparelhos celulares. De acordo com o diretor da DRF I, delegado Fernando Cocito, é comum o emprego do airsoft sem a ponta laranja nos assaltos. Isso porque o objeto se transforma em verdadeiro simulacro de arma de fogo, com tamanho, peso e cores semelhantes às das armas de verdade.

Assaltos com airsoft

Segundo Cocito, cerca de 40% dos roubos são praticados no Brasil com o emprego do airsoft, ora com a ponta laranja suprimida, ora pintada de preto. “Em Brasília, o airsoft já faz parte de uma escalada criminosa: o sujeito pratica os primeiros roubos com o airsoft e levanta recursos para a aquisição do primeiro revólver”, assinalou.

As investigações continuam com relação aos outros dois autores do crime. Quaisquer informações sobre suas identidades, bem como sobre o paradeiro de Lucas Sousa Santos, devem ser informadas à PCDF pelo número 197.

Mais lidas
Últimas notícias