Carro do CBMDF apresenta desgaste excessivo em freios e Corregedoria apura caso

Corporação quer descobrir se danos foram causados por militares, o que configuraria "transgressão disciplinar"

atualizado 28/09/2021 23:24

carros bombeirosRenato Alves / Agência Brasília

A Corregedoria do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) instaurou uma sindicância para apurar um possível mau uso das viaturas da corporação. A portaria que dá início às investigações foi publicada na última sexta-feira (24/9).

Segundo o documento que instaura a investigação, há um desgaste excessivo no disco de freio dos carros usados pelo Grupo de Busca e Salvamento (GBS). A corporação quer saber se a deterioração dos veículos foi causada por uma transgressão disciplinar por parte de algum dos militares do grupamento.

O Metrópoles procurou a corporação para comentar a investigação, mas até a última atualização dessa reportagem não obteve resposta. O espaço segue aberto para manifestações futuras.

0

Últimas notícias