Bandidos do DF são presos após enganarem idosos do Rio Grande do Sul

Documentação apreendida pela polícia comprova que os moradores do DF atuavam em organização criminosa interestadual

atualizado 23/02/2021 18:34

dinheiro apreendidoDivulgação/PCDF

A Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), do Distrito Federal, prendeu quatro pessoas – dois homens de 26 anos e duas mulheres, uma de 26 e outra de 21 anos – pelo crime de estelionato contra idosos do Rio Grande do Sul. O grupo foi detido nesta terça-feira (23/2), em uma agência bancária no Lago Sul. No momento da prisão, a quadrilha tentava sacar os frutos do golpe.

Segundo o apurado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), criminosos gaúchos estariam visitando a residência de pessoas com mais de 80 anos na Região Metropolitana de Porto Alegre (RS). Eles faziam o alvo dos golpes acreditar que tinham sido premiadas em sorteios privados.

Após enganar as vítimas, os idosos eram orientados a realizar transferência por internet banking ou de outras formas, supostamente para receber os prêmios. Nesta terça, um idoso de 92 anos e sua esposa, ambos de Porto Alegre, depositaram R$ 26 mil na conta dos quatro moradores no DF.

Prisão

Os golpistas brasilienses foram sacar o dinheiro numa agência do Lago Sul. Os agentes da DRCC estavam esperando do lado de fora e os abordaram quando os quatro saíam do banco.

No momento da prisão, um dos conduzidos estava com R$ 5 mil, em espécie, no bolso da calça. Os presos tinham ainda documentação que comprova o envolvimento com uma organização criminosa interestadual, voltada para a prática de crimes contra idosos.

0

Últimas notícias