Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Músico acusa Safadão de não pagar direitos de música e quer R$ 4,5 mi de indenização

A música Vaqueirinha Maltrata, cantada por Wesley Safadão, seria do compositor Jonnas Alves. O advogado de Safadão analisa o caso

atualizado 02/12/2020 15:37

Wesley SafadãoReprodução/Instagram

O compositor Jonnas Alves entrou com um processo contra o cantor Wesley Safadão por danos morais e materiais. Na ação, Jonnas alega que Safadão não lhe pagou nada pela composição da música Vaqueirinha Maltrata, lançada em 2018. “Sempre tive muito carinho por ele, e a nossa amizade era boa até então. Já gravou 8 músicas minhas, mas, em 2018, resolveu gravar Vaqueirinha Maltrata para o CD Diferente Não, Estranho e não fez o acerto comigo”, disse Alves à coluna.

“Procurei a empresa dele mais de três vezes e nada. E é claro que, depois disso, procuraria os meus direitos, né? Fiz de tudo para resolver as coisas na paz, mas o Safadão não quis agir assim”, completou o autor do processo.

0

A ação pede indenização por perdas, danos materiais e morais. Ainda segundo consta nos documentos, obtidos com exclusividade por este colunista, a música foi acessada e baixada por 1.57 milhão de pessoas. Por isso, Alves exige receber a quantia de R$ 4,5 milhões por danos materiais. Tal montante em dinheiro corresponde ao número de vezes que a música foi acessada e baixada, multiplicado por R$ 2,90. Os advogados do compositor pedem ainda R$ 200 mil por danos morais.

Até o momento, o juiz responsável pela causa ordenou que a faixa Vaqueirinha Maltrata fosse excluída de todas as plataformas de streaming. Procurado pela coluna, Marcos Benevides, advogado do cantor de Safadão afirmou que ele está proibido de falar sobre o assunto por enquanto. “O processo está com o departamento jurídico. Nós iremos analisar toda a documentação e, então, vamos elaborar a defesa de Safadão. Qualquer manifestação será feita somente após essa análise”, disse.

Últimas notícias