Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

DF terá vacinação volante para imunizar população sem internet

Medida vai beneficiar também moradores de áreas que não têm como se deslocar até os postos em regiões mais distantes

atualizado 21/06/2021 16:50

VacinaçãoGustavo Moreno / Metrópoles

O Governo do Distrito Federal (GDF) está com postos de “vacinação volante” contra a Covid-19 para imunizar a população considerada mais vulnerável e com dificuldade de ter acesso à internet e fazer o agendamento ou ao transporte público para se deslocar até os pontos de imunização.

A informação foi dada durante a coletiva de imprensa realizada no Palácio do Buriti nesta segunda-feira (21/6).

De acordo com o secretário chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, o início dessa ação começou em Água Quente, no Recanto das Emas. E deve se estender a outras localidades mais carentes.

A partir do dia 30, a previsão é fazer a vacinação volante na Estrutural e na Fazenda Santa Luzia. O Sol Nascente e áreas de Brazlândia também receberão o serviço, em data ainda não definida.

A utilização dos postos de vacinação volantes foi a saída encontrada para atender a população que enfrenta problemas para fazer o agendamento. O Metrópoles mostrou  as dificuldades que moradores dessas comunidades têm para conseguir agendar a imunização.

A Secretaria de Saúde também vai recorrer a rádios comunitárias e carros de som para convocar os moradores.

Grávidas e garis

O Governo do Distrito Federal (GDF) anunciou ainda a inclusão dos garis nos grupos prioritários de vacinação. O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) enviou lista à Secretaria de Saúde. A previsão é começar ainda nesta semana.

Mais cedo, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), anunciou que a vacinação contra Covid-19 de grávidas e puérperas começará na quinta-feira (24). A declaração foi feita no Twitter, no início desta tarde.

O cadastramento para esse grupo começou às 15h desta segunda, no site vacina.saude.df.gov.br. Na quarta-feira (23), será aberto o agendamento, também às 15h.

De acordo com o governador Ibaneis, embora o Ministério da Saúde ainda não tenha enviado as doses específicas para tal público, o GDF remanejou 2,4 mil imunizantes não aplicados na semana passada.

Confira a publicação:

Últimas notícias