metropoles.com

Republicanos apoia Bolsonaro, mas mantém pontes com Lula

Apoiador do ex-presidente, deputado Sílvio Costa Filho tem tido conversas com o petista, as quais relata ao presidente de seu partido

atualizado

Compartilhar notícia

Foto: Igo Estrela/Metrópoles
Lula faz sinal com as mãos
1 de 1 Lula faz sinal com as mãos - Foto: Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Apesar de integrar a base do governo no Congresso Nacional e prometer apoiar a reeleição de Jair Bolsonaro este ano, o Republicanos mantém pontes com o ex-presidente Lula.

O contato da cúpula do partido com o petista se dá principalmente por meio do deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos-PE), apoiador declarado do ex-presidente.

O parlamentar tem tido conversas frequentes com Lula, as quais relata sempre ao presidente nacional do Republicanos, o também deputado federal Marcos Pereira (SP).

Uma dessas conversas ocorreu nessa quarta -feira (13/7), em Brasília. Costa Filho participou da reunião de Lula com outros deputados e senadores “aliados” em um hotel da cidade.

Na eleição deste ano, apesar de apoiar Bolsonaro na corrida presidencial, Pereira liberou filiados para se aliarem ao PT nos estados. O objetivo é eleger bancadas maiores em estados lulistas.

Em Pernambuco, por exemplo, diretório comandado por Costa Filho, a legenda estará na mesma chapa que o PT e que o PSB, partido do ex-governador Geraldo Alckmin, provável vice de Lula este ano.

Também há previsão de que PT e Republicanos estejam juntos no Amazonas no palanque do senador Eduardo Braga (MDB-AM), que concorrerá ao governo do estado.

No Republicanos, há quem aposte que, caso Lula vença Bolsonaro, o partido vai aderir à base aliada do petista no Legislativo. A legenda chegou a ocupar ministros no governo Dilma Rousseff.

Rusgas resolvidas

O Republicanos é o atual partido do vice-presidente Hamilton Mourão e dos ex-ministros Tarcísio de Freitas e Damares Alves. As filiações foram decisivas para que a sigla fechasse apoio à reeleição de Bolsonaro.

Antes disso, a legenda cogitava se afastar de Bolsonaro. Pereira chegou a dar declarações que o presidente da República “atrapalhava o crescimento” do partido durante a janela partidária.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comIgor Gadelha

Você quer ficar por dentro da coluna Igor Gadelha e receber notificações em tempo real?

Notificações