Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

Moraes prorroga inquérito sobre interferência de Bolsonaro na PF

Ministro do STF pede a retomada de diligências pendentes do caso

atualizado 30/07/2021 17:32

Alan Santos/PR - 10/03/2021

O ministro Alexandre de Moraes determinou a prorrogação por 90 dias do inquérito que apura se Jair Bolsonaro interferiu na Polícia Federal, conforme disse Sergio Moro ao deixar o cargo de ministro da Justiça.

Na decisão, Moraes também pede a retomada de diligências pendentes do caso e afirma que não se justifica a manutenção da suspensão da tramitação determinada pelo então relator em exercício Marco Aurélio Mello.

É a terceira vez que o inquérito é prorrogado. A investigação começou em abril de 2020, após Moro acusar Bolsonaro de desrespeitar a autonomia da PF ao cobrar a demissão do então chefe da instituição, Mauricio Valeixo.

O STF retomará em 29 de setembro o julgamento para definir se Bolsonaro prestará depoimento presencial ou por escrito. O depoimento do presidente será a última etapa das investigações.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna