Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Acerto de Tarcísio com Kassab provoca terremoto na base bolsonarista

Tarcísio de Freitas é chamado de "traidor" após o acerto da aliança com o PSD, de Gilberto Kassab, em São Paulo

atualizado 22/06/2022 19:41

Jair Bolsonaro e Tarcísio de FreitasAlan Santos/PR

O ex-ministro Tarcísio de Freitas sofre um bombardeio dos bolsonaristas de São Paulo que não se conformam com a aliança firmada entre ele e o PSD, de Gilberto Kassab, para a eleição ao governo estadual.

As lideranças que apoiam Bolsonaro no estado afirmam em uníssono que Tarcísio irá trair o presidente na eleição. Outros termos impublicáveis são frequentes nas trocas de mensagens sobre o ex-ministro.

Bolsonaristas diziam nos últimos dias que Tarcísio estava “encantado” com Kassab e que passou a reprimir quem falasse mal do presidente do PSD em reuniões privadas. O economista Guilherme Afif Domingos, que é filiado ao PSD, coordena o plano de governo do ex-ministro.

Auxiliares do governador Rodrigo Garcia se apressaram em dizer que estão cientes da insatisfação dos bolsonaristas com Tarcísio, mas todas as partes asseguram que não existem conversas para aproximar o tucano do presidente.

O acerto com o PSD deve levar o ex-prefeito Felício Ramuth para a vice de Tarcísio. Ramuth, que trocou o PSDB pela sigla de Kassab para encabeçar o projeto estadual, aceitava conversar com todos os pré-candidatos paulistas, menos com o petista Fernando Haddad.

0

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna