Nova York lança cartilha pedindo mais masturbação e menos orgias

O Departamento da Saúde de Nova York lançou a cartilha nesta semana para evitar a proliferação do coronavírus

Mulher se masturbando, com a mão por dentro da calcinhaReprodução/ FreePik

atualizado 23/03/2020 17:39

Nova York é o estado dos EUA mais atingido em questão de casos do novo coronavírus. A região tem quase metade das ocorrências de todo o país. Por essa razão, a maior Big Apple tomou algumas atitudes diferentes de todo o resto do país.

Para amenizar a situação, o Departamento da Saúde de Nova York resolveu lançar até uma espécie de cartilha sobre o sexo na quarentena. Trata-se de algumas orientações aos quase 19 milhões de habitantes de como se portar sexualmente durante este período de pandemia do coronavírus.

O documento de quase duas páginas inteiras pede que os moradores da metrópole evitem alguns comportamentos e aglomerações. Pede que não haja orgias e, que se possível, pratique-se a masturbação.

Com o slogan “Você é o seu mais seguro parceiro sexual”, a cartilha das autoridades de saúde visa combater a proliferação do vírus. O departamento também orientou os organizadores de festas de temática sexual que ponham fim à ideia de manterem os eventos, como eles disseram que o fariam.

Um trecho interessante da cartilha diz: “A masturbação não vai espalhar o Covid-19, especialmente se você lavar as suas mãos (e brinquedos sexuais) com água e sabão durante 20 segundos antes da atividade sexual”.

Que tal colocar essa sugestão em prática aqui no Brasil também?

Últimas notícias