Eduardo Pedrosa apresenta 11 projetos logo após ser empossado

Distrital é o primeiro da nova legislatura a protocolar propostas, que vão da geração de emprego à defesa da mulher

Priscilla Whendy/CLDFPriscilla Whendy/CLDF

atualizado 03/01/2019 21:15

Acompanhado de cerca de 200 pessoas, segundo sua assessoria, o deputado distrital Eduardo Pedrosa (PTC) assumiu, na quarta-feira (2/12), o seu novo gabinete na Câmara Legislativa. Em seguida, o parlamentar protocolou os primeiros projetos da nova legislatura.

“Fiz questão de começar meu mandato com as pessoas que lutaram comigo e me deram a oportunidade de ser eleito deputado distrital. E, junto com elas, protocolei 11 projetos de lei, sendo que o primeiro PL dessa legislatura é meu”, afirmou o distrital.

Entre os projetos, foram protocoladas propostas para a geração de emprego para jovens, defesa da mulher, educação e segurança. “Sou um servidor público, tenho que prestar contas do meu trabalho”, completou o sobrinho da ex-distrital Eliana Pedrosa (Pros).

O parlamentar despachará no gabinete 20, no 4º andar do prédio-sede. Apesar da posse dos deputados ter ocorrido na terça-feira, os distritais já estão em recesso até 31 de janeiro. Nesse período, a Casa funcionará das 13h às 19h, quando os gabinetes, protocolo e algumas seções estarão em funcionamento.

SOBRE OS AUTORES
Suzano Almeida

Formado em jornalismo pela Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas (Facitec/Estácio de Sá). Especializado na cobertura política do Distrito Federal. Passou por veículos como Jornal de Brasília, Grupo Comunidade, Fato Online, além de assessorias nos Poderes Executivo e Legislativo. No Metrópoles, atua em notícias da Câmara Legislativa e também em pautas nacionais, como a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o especial Transbrasil – Um embarque para o crime nas rodovias brasileiras, pelo qual foi premiado com o Prêmio CNT, em 2017.

Caio Barbieri

Cursou jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Passou pelas redações do Correio Braziliense, Agência Brasil, Rádio Nacional e foi editor-adjunto da Tribuna do Brasil. Ocupou a assessoria especial no Ministério da Transparência e foi secretário-adjunto de Comunicação do GDF. Chefiou o relacionamento com a imprensa na Casa Civil, Vice-Governadoria, Secretaria de Habitação e na Secretaria de Turismo do DF. Fez consultoria para vários partidos, entidades sindicais e políticos da Câmara Legislativa e do Congresso Nacional. Assina a coluna Janela Indiscreta do Metrópoles e cobre os bastidores do poder em Brasília.

Últimas notícias