Vídeo. Homem executa desafeto a tiros e filma o crime

Nas imagens, Sullivan Rodrigues Lima, 24 anos, é morto na Alameda das Monções, em Goiânia. Crime aconteceu em 29 de dezembro do ano passado

Hugo Barreto/MetrópolesHugo Barreto/Metrópoles

atualizado 03/08/2019 6:50

A Polícia Civil de Goiás prendeu um homem acusado de executar um desafeto a tiros e filmar o crime com um telefone celular. Tiago Souza Cardoso, 27 anos, foi preso preventivamente por policiais da Delegacia de Investigação de Homicídios, na manhã desta quinta-feira (01/08/2019), em Goiânia (GO). O suspeito filmou o crime e o publicou em redes sociais. Nas imagens, Sullivan Rodrigues Lima, 24 anos, é assassinado, em 29 de dezembro do ano passado,  na Alameda das Monções, Setor Capuava, na capital goiana.

De acordo com as investigações, o autor executou a vítima com rajadas de disparos de pistola nove milímetros e, enquanto atirava, filmou a cena com seu aparelho celular e publicou o vídeo nas redes sociais. O vídeo viralizou na internet devido à barbárie da cena, segundo os investigadores. As apurações identificaram, ainda, outro autor do crime. Wellington Peres também foi preso pela Divisão de Homocídios.

A Polícia Civil goiana concluiu o inquérito apontando que Tiago teria matado a vítima a mando de Douglas Nunes da Silva, que teria encomendado a morte da vítima pois acreditava que ela era o autor da morte de seu irmão. No entanto, Douglas foi morto em 27 de março deste ano.

Presos, os autores confessaram o crime, quando Tiago informou que gravou a cena do crime como prova do serviço prestado ao mandante.

Últimas notícias