“Tô devendo setenta conto”, diz Luva de Pedreiro em entrevista

Influencer conta que problemas financeiros, supostamente causados pelo ex-empresário, persistem. Mas o pior é a falta de liberdade

atualizado 04/07/2022 7:32

Luva de Pedreiro (Reprodução: Instagram)(Reprodução: Instagram)

Em entrevista exclusiva ao Fantástico, o influenciador Luva de Pedreiro falou sobre sua atual fase da vida, ainda sofrendo com problemas resultantes da relação com o agora ex-empresário Allan Silva de Jesus. Segundo Iran Ferreira, nome verdadeiro do sucesso da internet, o que mais o incomodou não foi o dinheiro, mas a falta de liberdade.

“Não podia fazer nada que eu queria, não podia sair com meus amigos, não podia gravar minhas coisas, não podia postar as música que eu gosto”, afirmou ao repórter Mauricio Ferraz. Iran, inclusive, faz questão de dizer que não quer o mal de Allan.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
0

Conforme divulgou o colunista Léo Dias, do Metrópoles, Luva de Pedreiro chegou a fechar acordo com grandes empresas. Entretanto, não tinha mais do que R$ 7,5 mil em suas contas.

“Todo dinheiro que eu pedi, eu pedi emprestado. Até estou devendo setenta conto. Um cara lá que eu comprei uma bola, tá ligado? Não tinha, estou devendo. Ainda tenho que pagar o cara”, contou Iran, já em sua nova casa, em Recife. Agora, um grupo de empresários cuida dos interesses de Luva de Pedreiro, enquanto na Justiça se desenrola seu caso com Allan de Jesus.

A reportagem do Fantástico, da TV Globo, na noite deste domingo (3/7) quase não foi exibida: o empresário Allan Jesus entrou com uma liminar na Justiça tentando proibir a veiculação. Houve também a manobra para barrar a outra reportagem com o Luva no Domingo Espetacular, da Record. A entrevista foi para o jornalista Roberto Cabrini.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal:  https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias