Suspeito de matar mulher e jogar corpo em cisterna é recapturado após fugir

Ele foi localizado pela polícia 10 dias após fazer um buraco no vaso da cela e escapar da delegacia

atualizado 15/10/2020 13:03

O principal suspeito de matar a jovem Rosiane Martins Cavalcante, 26 anos, e jogá-la em uma cisterna foi recapturado pela polícia em Rio Branco, no Acre, na tarde dessa quarta-feira (14/10).

Rodrigo Duarte Gomes havia sido preso em 26 de setembro pela morte de Rosiane. Entretanto, dia 3 de outubro ele e outro preso, apontado como um dos chefes de facção criminosa que atua na capital, fizeram um buraco no vaso sanitário da cela e deixaram a delegacia.

Ele foi localizado pela polícia e encaminhado a Delegacia de Flagrantes (Defla), para que fosse realizado um novo boletim de ocorrência. As autoridades informaram que ele deve ser encaminhado novamente ao Complexo Penitenciário de Rio Branco. As informações são do G1.

O caso

O rapaz confessou que assassinou a jovem Rosiane e afirmou que teria agido por ciúmes enquanto estava sob efeito de drogas e bebida alcóolica. A vítima foi encontrada, em 6 de setembro, dentro de uma cisterna com um fio enrolado no pescoço.

Ele havia sido achado no bairro Tancredo Neves com vários pertences da vítima, como um colar com o nome dela, telefone e roupas. Rodrigo informou que ele mantinha um relacionamento amoroso com a vítima, mas não era namorado.

O corpo de Rosiane foi encontrado por parentes que foram até a residência dela após não conseguirem contato. Ela estava dentro da cisterna.

Últimas notícias