São Paulo anuncia início da vacinação de pessoas com comorbidades

Pessoas com síndrome de down, transplantadas e em terapia renal serão imunizados a partir de 10 de maio

atualizado 20/04/2021 13:18

Início da vacinação de idosos acima de 85 anos contra o coronavírus no Estádio do Pacaembu na Praça Charles Miller, zona oeste de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (11)Fábio Vieira/Metrópoles

São Paulo – O governo de São Paulo atualizou nesta terça-feira (20/4) o calendário de vacinação contra a Covid-19, e anunciou a inclusão da primeira etapa da imunização de pessoas com comorbidades. Também entraram no novo calendário metroviários e ferroviários, além de motoristas e cobradores de ônibus.

Veja como ficou:

65 e 66 anos – 21 de abril

64 anos – 23 de abril

63 anos – 29 de abril

60, 61 e 62 anos – 6 de maio

Síndrome de Down – 10 de maio

Pacientes renais em diálise – 10 de maio

Transplantados e imunossuprimidos – 10 de maio

Metroviários e ferroviários – 11 de maio

Motoristas e cobradores de ônibus – 18 de maio

0
Pressão e indefinição

Integrante do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, o médico José Medina explicou que o governo levou em conta a taxa de letalidade para definir a prioridade entre a população com comorbidades. Segundo ele, nesse público, a taxa de letalidade é de 25%.

“Diferente do hipertenso que tem variação grande entre grau e é difícil definir qual precisa ser priorizado”, disse em coletiva de imprensa nesta terça-feira. Indiretamente, o médico reclamou da falta de definição do governo federal para criar uma regra nacional.

Já a inclusão da categoria de transporte público ocorreu após pressão dos setores feita por ameaças de greve. Eles correspondem a um público de 265 mil pessoas.

Até o momento, o estado já aplicou mais de 9,5 milhões de doses da vacina. O governador paulista, João Doria (PSDB), alerta aos que tomaram apenas a primeira dose para que não deixem de retornar ao posto de saúde e concluir a imunização.

Últimas notícias