Metrópoles sabatina candidatos a vice-presidente nesta quarta (26/9)

Em parceria com a Arca, temas centrais do Estado estarão em pauta. Será uma grande oportunidade de conhecer melhor cada postulante

atualizado 25/09/2018 14:01

Arte/Metrópoles

Na próxima quarta-feira (26/9), o Metrópoles, em parceria com a Articulação de Carreiras Públicas para o Desenvolvimento Sustentável (Arca), dará início às sabatinas com os candidatos à vice-presidência do país​. Será mais uma oportunidade, neste curto período eleitoral, para se conhecer os postulantes ao cargo, falar dos principais temas que envolvem a disputa presidencial e obter mais informações sobre cada candidatura.

 

Com isso, o Metrópoles espera contribuir para que o eleitor tenha o máximo de elementos para identificar quais candidaturas estão mais alinhadas com suas expectativas.

As entrevistas terão duração de meia hora e ocorrerão em Brasília. Todas as sabatinas serão transmitidas, ao vivo, pelo portal e pelos canais nas redes sociais: Facebook, Twitter e YouTube.

Quarta-feira (26/9)

Sexta-feira (28/9)

  • Manuela D’Ávila, vice de Fernando Haddad (PT) – horário ainda a ser confirmado

Domingo (30/9)

Parceira nessa série de entrevistas, a Arca reúne 12 instituições representativas dos servidores de carreiras da administração direta e indireta: ​Associação dos Funcionários do BNDES (AFBNDES); Associação dos Funcionários do Ipea (Afipea); Associação Latino-Americana de Juízes do Trabalho (ALJT); Associação Nacional da Carreira de Desenvolvimento de Políticas Sociais (Andeps); Associação Nacional dos Servidores Ambientais (Ascema); Associação dos Servidores do CNPq (Ascon); Associação Nacional dos Servidores do MCTIC (ASCT); Sindicato dos Trabalhadores da Fiocruz (Asfoc-SN); Associação dos Servidores do Ministério da Cultura (AsMinc); Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Planejamento e Orçamento (Assecor); Indigenistas Associados (INA); e Associação Nacional dos Auditores e Técnicos Federais de Finanças e Controle (Unacon).

Temas
De acordo com o presidente da Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Planejamento e Orçamento (Assecor, entidade articulada à Arca), Leandro Couto, ao apoiar as entrevistas, o coletivo demonstra que, além de defender as reivindicações dos servidores, levanta uma preocupação para questões estruturantes.

Buscamos contribuir com a discussão sobre as políticas públicas que nós, como servidores públicos, conhecemos e ajudamos a desenvolver. A questão central é saber dos candidatos como o Estado deve se estruturar para empreender um projeto de desenvolvimento sustentável com o objetivo de reduzir desigualdades.

Leandro Couto, presidente da Assecor, entidade articulada à Arca

Entre os temas a serem questionados estão o próprio financiamento do Estado e da infraestrutura necessária ao desenvolvimento do país, reforma da Previdência, gestão territorial, saúde, educação, reforma trabalhista, matriz energética e redução das desigualdades.

Últimas notícias