Bolsonaro visita Hospital de Campanha com Ronaldo Caiado

Na unidade de saúde, o Chefe do Executivo cumprimentou apoiadores e não deu entrevista à imprensa

atualizado 11/04/2020 13:44

Bolsonaro visita Hospital de Campanha em Águas LindasHugo Barreto/Metropoles

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), visita na manhã deste sábado (11/04) o primeiro Hospital de Campanha de Goiás, unidade de saúde exclusiva para pacientes com o novo coronavírus.

Bolsonaro chegou ao local por volta das 11h20 e foi aplaudido por moradores que o aguardavam. O Chefe do Executivo cumprimentou apoiadores e não deu entrevista à imprensa. Os jornalistas também não puderam acompanhar a visita.

0

A presença de Bolsonaro na cidade provocou aglomeração de pessoas, o que contraria as recomendações do Ministério da Saúde de isolamento social para conter o novo coronavírus.

Do lado de dentro da obra, o titular do Palácio do Planalto foi recebido pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (Democratas), que o esperou no canteiro da obra para um aperto de mãos. Os dois, que tinham rompido a relação, trocaram palavras no decorrer do encontro e permaneceram juntos durante toda a visita.

Participaram da agenda os ministros da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

O mandatário da República, que fazia uso de colete no momento da vistoria do local, tirou fotos com parceiros políticos. Todos estavam usando máscara de proteção contra o novo coronavírus.

O hospital

A unidade de saúde foi um pedido de Caiado ao governo Federal para amenizar a superlotação dos hospitais públicos do estado causada em razão da Covid-19.

O hospital terá 200 leitos adaptáveis para unidades de tratamento semi-intensivas, com tubulação e suporte para respiradores. A obra está orçada em R$ 10 milhões, com estimativa de conclusão em até 15 dias.

De acordo com os últimos dados divulgados pela Secretaria de Saúde, Goiás já tem 191 infectados e 80 vítimas da Covid-19.

Últimas notícias