Bolsonaro: “Segunda onda é verdade ou é para destruir a economia de vez?”

Presidente também disse não ser responsável pelo aumento do desemprego provocado pela pandemia da Covid-19

atualizado 09/11/2020 11:27

Alan Santos /PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) questionou a existência de uma segunda onda de contágio por Covid-19 no Brasil durante conversa com apoiadores nesta segunda-feira (9/10). “Essa história da segunda onda é verdade ou não? Ou é pra destruir a economia de vez?”, perguntou.

No Brasil, as autoridades de saúde consideram que o Brasil vislumbra a queda da primeira onda de contaminação, que já infectou mais de 5,6 milhões de brasileiros e deixou 162.397 mortos.

 

0

O chefe do Executivo aproveitou para comentar, com uma mulher que se identificou como guia turístico em Curitiba, que o setor “foi à lona”. “Quem é que mandou fechar tudo, ficar em casa e a economia a gente vê depois? Não [sic] foi eu, né? Só pra deixar claro”.

A exemplo do que vem fazendo em discursos durantes os eventos nos quais participa em viagens, Bolsonaro voltou a falar em eleições municipais. Desta vez, entretanto, não recomendou votos.

“Pessoal, aproveita a oportunidade, vai ter eleições municipais agora, e não dá muita bola pra vereador e prefeito. É importante se preocupar e votar bem. Porque o prefeito que fechou tudo. Se você achar que ele fez bem, reeleja ele. Se não, mude”.

Últimas notícias