Bolsonaro e presidente do Paraguai se reúnem no Palácio do Planalto

Em declaração à imprensa, chefes de Estado falaram da expectativa para a conclusão de obras nas fronteiras e a produção de peixes em Itaipu

atualizado 24/11/2021 16:45

Bolsonaro e Mario AbdoHugo Barreto/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebeu na tarde desta quarta-feira (24/11) o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez.

De acordo com a agenda do chefe do Executivo brasileiro, o encontro começou às 15h e durou pouco mais de uma hora. Também participam o ministro das Relações Exteriores, chanceler Carlos França, e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Após a reunião bilateral, os chefes de Estado deram uma declaração conjunta à imprensa, onde falaram da expectativa para a conclusão de obras nas fronteiras, o combate ao crime organizado e a produção de peixes no reservatório da usina hidrelétrica de Itaipu (PR), que é administrado pelos dois países.

“”Esta visita de serviço vem o nobre presidente do Paraguai tratar de vários assuntos. Como, por exemplo, estaremos, se Deus quiser, concluindo a segunda ponte com o Paraguai em meados do ano que vem. Também, nos próximos dias, estaremos em Carmelo Peralta, Porto Murtinho, assinando a segunda ordem de serviço da terceira ponte com o Paraguai, veio o senhor presidente da nação amiga tratar do anexo C de Itaipu binacional, também outros assuntos tratamos, como, por exemplo, daremos mais um passo na questão de criação de tilápia no lago de Itaipu”, declarou o presidente.

“Então, o nosso relacionamento, o nosso intercâmbio comercial tem ido muito bem e vai ficar cada vez melhor. Sentimos e somos solidários aos problemas econômicos que, por ventura, ocorrem no Paraguai. Sabemos que o nosso relacionamento não é apenas comercial. Tem o político e mais o afetivo”, prosseguiu.

Em sua fala, Abdo disse que os dois países “têm demonstrado uma forte cooperação”, o que tem gerado “enormes resultados na luta contra o crime organizado”.

É a segunda vez que o Abdo vem a Brasília para se reunir com Bolsonaro. A primeira foi em 2019.

O Brasil é o principal parceiro comercial do Paraguai, de acordo com o o Ministério das Relações Exteriores. Já o Paraguai abriga a segunda maior comunidade brasileira no exterior, estimada em cerca de 330 mil pessoas.

Os dois países integram o Mercosul, bloco sul-americano que também é composto por Argentina e Uruguai.

Mais lidas
Últimas notícias