Dilma sobre Vertigem no Oscar: “Mostra impeachment fraudulento”

Petista afirma que filme exibe "como a mídia venal, a elite política e econômica brasileira atentaram contra a democracia no país"

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 13/01/2020 18:36

Denúncia do golpe no Oscar. É dessa forma que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) comemorou, em sua conta do Twitter, a indicação do filme Democracia em Vertigem para a disputa da estatueta na categoria Melhor Documentário, nesta segunda-feira (13/01/2020).

A produção, dirigida pela cineasta Petra Costa para a Netflix, retrata os bastidores da política brasileira desde os protestos populares de 2013, passando pelo impeachment da petista e culminando com a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pela operação Lava Jato.

O post no Twitter remete a uma nota publicada por Dilma na sua página pessoal, na qual ela aponta mais uma vez um “impeachment fraudulento”.

No comunicado, a petista escreve: “O filme é corajoso, por mostrar o jogo sujo que resultou no meu afastamento do poder e como a mídia venal, a elite política e econômica brasileira atentaram contra a democracia no país, resultando na ascensão de um candidato da extrema-direita em 2018”.

Confira:

Últimas notícias