*
 

Casados há oito anos, Ademilson Ferreira da Silva e Ana Paula de Lima tiveram uma manhã marcada por uma grande confusão no Rio de Janeiro neste domingo (2/11). As informações são do jornal Extra. Segundo a reportagem, o homem foi acusado de fazer a mulher de refém após uma briga.

 “Estávamos todos dormindo quando, por volta de 4h40, acordei com a discussão. Com uma faca na mão ele ameaçava matar a minha filha. Ele bateu muito com a cabeça dela na pia. Tentei socorrer, mas ele se trancou com ela e continuou batendo. Tivemos que chamar a polícia e mesmo assim ele continuou ameaçando matar a minha filha”, disse Ana Viera dos Santos, mãe da vítima.
Ademilson se entregou à polícia após cerca de duas horas de negociações com homens do Batalhão de Operações Especiais (BOPE).
Ana Paula está no Hospital Municipal Pedro II, para onde foi levada após ser liberada pelo marido. Segundo informações de parentes, a mulher foi internada com vários ferimentos no rosto e na parte de trás da cabeça.
Em nota, a PM informa que o 27º BPM (Santa Cruz) foi acionado no início da manhã. O casal estava dentro de casa quando os policiais chegaram. Após negociação, ele liberou a mulher e foi contido pelos agentes com uma arma de eletrochoque.
“Equipes do batalhão foram direcionadas ao local e o fato foi constatado. A vítima estava ferida e o homem fazia ameaças portando uma faca. Policiais do 27ºBPM fizeram o isolamento e contenção do perímetro até a chegada do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE). Após negociação, o tomador de refém foi contido por policiais do BOPE com o uso de equipamento não letal (arma de eletrochoque). Ele foi conduzido para a 35ª DP. A vítima foi socorrida ao Hospital Municipal Pedro II, onde recebe atendimento médico”, diz a nota.

O caso foi registrado na 35ª DP (Campo Grande), para onde o acusado foi levado.