PF faz busca em casa de homem suspeito de armazenar pornografia infantil

Morador de Araguaína (TO) teria mais de 600 imagens e vídeos de abuso sexual infantil

atualizado 13/10/2021 17:20

tecladoiStock

A Polícia Federal cumpriu, nesta quarta-feira (13/10), um mandado de busca e apreensão durante a operação Velar, que tem como alvo um homem suspeito de armazenar 672 fotos e vídeos de abuso sexual infantil, no município de Araguaína (TO). As informações são do portal G1.

A investigação apura o compartilhamento de cenas de sexo explícito ou pornografia envolvendo crianças e adolescentes. O mandado foi expedido pela Justiça Estadual de Tocantins.

O trabalho de investigação foi feito por meio de uma cooperação técnica investigativa entre a Polícia Federal e o Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas.

A PF foi informada sobre um morador da cidade que continha grande quantidade de imagens com conteúdo de abuso sexual infantil. Segundo a Polícia Federal, o nome “Velar” remete ao compromisso da instituição com o combate de crimes de armazenamento e compartilhamento de mídias contendo abusos contra crianças e adolescentes.

Últimas notícias