Moro faz o enigmático, posta foto de mago e manda indireta ao PT

O ministro usou as redes sociais para dizer que "os crimes caem em todo o país". Ele ainda criticou especialistas em segurança pública

Hugo Barreto/ MetrópolesHugo Barreto/ Metrópoles

atualizado 04/01/2020 15:39

Ao voltar das férias, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, usou as redes sociais neste sábado (04/01/2020) para dizer que “os crimes caem em todo o país”. Ele aproveitou para dar uma alfinetada no PT, falando em “diálogos cabulosos” – termo usado pelo PCC, em um grampo vazado, no qual os criminosos supostamente confirmam contato com o partido.

“Se quiserem atribuir a queda ao Mago Merlin, não tem problema. Os criminosos, sem diálogos cabulosos, sabem porque os crimes caem”, escreveu o ex-juiz da Lava Jato. Ele ainda critica a opinião de especialistas que não identificam o governo como responsável pela redução na criminalidade.

“Crimes caíram em todo o país em percentuais sem precedentes históricos em 2019. Leio de alguns ‘especialistas’ em segurança pública que o Gov Federal não tem nada a ver com isso. Dos mesmos que compunham ou assessoravam os governos anteriores quando os crimes só cresciam”, escreveu Moro.

Após as declarações no Twitter, o ministro publicou uma foto de um mago sem legenda alguma. A atitude chamou atenção dos internautas, que começaram a repercutir: “Carluxo, devolve o celular do Moro”, disse um deles. “Deveria ser o Mestre dos Magos, desaparece sempre quando mais se precisa dele”, brincou outro.

Últimas notícias