metropoles.com

Ibama e PF desmobilizam extração de madeira em terra indígena no Pará

Madeireiro foi encontrado por agentes de PF e Ibama com jacarés, motosserras e madeira ilegal dentro da terra indígena Alto Rio Guamá

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução/Ibama
Foto colorida de agentes da Polícia Federal e do Ibama que desmobilizam extração de madeira em terra indígena no Pará - Metrópoles da
1 de 1 Foto colorida de agentes da Polícia Federal e do Ibama que desmobilizam extração de madeira em terra indígena no Pará - Metrópoles da - Foto: Reprodução/Ibama

Agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Polícia Federal (PF) desmolizaram um local de extração de madeira ilegal dentro da terra indígena Alto Rio Guamá, no Pará, na última terça-feira (24/1).

Um homem foi detido com um trator com madeira ilegal, uma motossera e três jacarés-açu pequenos, que foram soltos na natureza pelos agentes.

O Ibama e a Polícia Federal aplicaram uma multa no valor total de R$ 4,7 mil contra o madeireiro encontrado na região.

A operação faz parte da operação Amazônia Viva, realizada nos territórios dos Awa Guajá, Ka’apor e Tembé, uma área de aproximadamente 280 mil hectares entre os municípios paraenses de Nova Esperança do Piriá, Paragominas e Santa Luzia.

“O trabalho conjunto das instituições federais é fundamental para fazer cessar o dano nessas áreas e as ameaças aos povos originários”, afirma o superintendente substituto do Ibama no Pará, Alex Lacerda.

A madeira encontrada com o homem é da espécie acapu (Vouacapoua americanal), que está ameaçada de extinção.

Segundo o Ibama, a terra indígena de Alto Rio Guamá é um alvo constante de criminosos ambientais por ser um dos territórios com grande área preservada.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações