*
 

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega foi denunciado criminalmente nesta quarta-feira (8/11) pela força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) em Brasília por envolvimento na Operação Zelotes

A denúncia refere-se ao julgamento do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) de multas aplicadas a uma empresa de um amigo do ex-ministro. As investigações revelaram que houve manipulação da composição e funcionamento do Conselho Superior de Recursos Fiscais, órgão do Carf, para favorecimento indevido ao grupo comercial e auferimento de vantagens ilícitas dos denunciados.

Além de Mantega, Otacílio Cartaxo (ex-presidente do Carf) e outras 12 pessoas vão responder pelos crimes de corrupção, advocacia administrativa tributária e lavagem de dinheiro.

A Justiça Federal de Brasília rejeitou um acordo proposto pelo ex-ministro, no mês passado, para evitar que ele pudesse ser preso preventivamente.

Mantega propôs atuar como uma espécie de colaborador das investigações em outra operação, a Bullish — que apura suspeitas de irregularidades em negócios bilionários do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) com empresas. A blindagem penal, se valesse, só seria aplicada a apurações da Bullish. (Com informações do MPF)

 

 

 

COMENTE

MPFoperação zelotesguido mantega
comunicar erro à redação

Leia mais: Justiça