Homem pisoteia cruzes e destrói faixa em homenagem a mortos pela Covid

Caso aconteceu em Machado, no interior de Minas Gerais, na noite do último sábado (19/6). Um boletim de ocorrência foi registrado

atualizado 20/06/2021 22:34

homem destroi homenagem a vítimas da covidArquivo pessoal

Uma homenagem aos 500 mil mortos pela Covid-19 no Brasil foi destruída por um homem de 47 anos em Machado, no interior de Minas Gerais, na noite do último sábado (19/6).

O momento em que o homem rasga a faixa em homenagem às vítimas e pisa em cruzes que simbolizam as perdas foi registrado em vídeo e um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia da cidade, que tem cerca de 40 mil habitantes e, como registrava a faixa (imagem em destaque) perdeu 71 deles para o coronavírus.

De acordo com o G1, quem fez a denúncia na polícia foi a vice-presidente do Partido dos Trabalhadores no município, Larisse Silva de Souza.

“Recebi o vídeo por volta de 22h. O vereador do nosso partido então foi ao local e recolheu o resto que ficou por lá e hoje registramos o BO. Eu me senti totalmente ofendida. Ele poderia ter se manifestado da forma que ele quisesse, mas não atrapalhando a nossa. Foi uma ofensa à democracia”, disse ela.

Veja as imagens:

A faixa e as 71 cruzes foram colocadas no centro da cidade como parte dos atos realizados em todo o país no sábado contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e pedindo a aceleração da vacinação.

Mais lidas
Últimas notícias