*
 

O Operador Nacional do Sistema (ONS) fará operação especial para aumentar a carga de energia do Sistema Interligado Nacional (SIN) durante os jogos do Brasil na Copa do Mundo da Rússia, que começa no dia 14 de junho. A medida foi anunciada, nesta quarta-feira (6/6), pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico do Ministério de Minas e Energia (CMSE/MME), responsável por avaliar as condições do suprimento eletroenergético em todo o território nacional.

O objetivo é reforçar o fornecimento de energia no período do evento e evitar possíveis apagões, como o que ocorreu em março, quando houve interrupção em 13 estados e no Distrito Federal, deixando mais de 70 milhões de pessoas sem energia elétrica em todas as regiões do país.

Na reunião, o ONS informou que a operação especial terá início duas horas antes e será encerrada duas horas depois dos jogos do Brasil e de outros eventos identificados como de grande relevância, tais como cerimônia de abertura e a partida final do Nundial. A seleção brasileira estreará na Copa contra a Suíça, em 17 de junho.

“Destacam-se medidas como maior número de unidades geradoras sincronizadas em usinas hidrelétricas, visando preservar o equilíbrio entre carga e geração durante as rampas de consumo no intervalo e no fim dos jogos, reforço das equipes de plantão nas instalações estratégicas, programação diferenciada dos intercâmbios regionais e das manutenções previstas para as instalações de transmissão, buscando aumentar o grau de segurança do sistema frente a perturbações”, informou o CMSE por meio de nota divulgada nesta tarde.

 

 

COMENTE

energia elétricaapagãocopa do mundo 2018setor elétricoMinistério das Minas e Energia
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil