Siqueira alfineta PT e chama França de “futuro governador de SP”

Os partidos vivem um impasse em relação à eleição do estado de São Paulo. O PT quer lançar o ex-prefeito Fernando Haddad

atualizado 23/03/2022 12:25

Carlos Siqueira discursa em evento de filiação não apenas de Geraldo Alckmin mas de outras personalidades ao PSB - MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, aproveitou evento de filiação de novos integrantes, nesta quarta-feira (23/3),  para demarcar território ante os aliados do PT. Ao chamar governadores e candidatos ao governos estaduais pelo partido para fazer um registro, Siqueira alfinetou, em alto e bom som, os petistas presentes na cerimônia, ao chamar Márcio França.

“[Convido] O nosso querido companheiro Márcio França, o próximo governador de São Paulo”, disse Siqueira, que foi aplaudido. Os partidos vivem um impasse em relação a eleição de São Paulo. O PT quer lançar o ex-prefeito Fernando Haddad.

0

O PT foi representado pela presidente nacional do partido, Gleisi Hoffmann, pelo senador Paulo Rocha (PT-PA) e pelo deputado Reginaldo Lopes (MG), líder do PT na Câmara.

O ex-governador Geraldo Alckmin (SP) se filiou ao PSB e deve ser o vice na chapa encabeçado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Mais lidas
Últimas notícias