Guilherme Boulos testa positivo para Covid-19 e não votará no domingo

Candidato do PSol restringiu agenda após aliada ter confirmado a doença

atualizado 27/11/2020 18:13

Guilherme Boulos (PSOL), candidato à prefeitura de São Paulo, durante coletiva de imprensa sobre as alianças partidárias 1Fábio Vieira/Especial Metrópoles

São Paulo – A assessoria de Guilherme Boulos (PSol) informou, na tarde desta sexta-feira (27/11), que o ativista testou positivo para o novo coronavírus e não participará mais de agendas públicas, nem votará no próximo domingo (29/11).

Guilherme Boulos informa que está bem e não apresenta sintomas da doença.

Candidato à Prefeitura de São Paulo, Boulos procurou fazer o exame quando a deputada federal Sâmia Bomfim (PSol-SP) anunciou, na segunda-feira (23/11), que tinha testado positivo após encontro de lideranças da esquerda na sexta-feira (20/11).

0

Na terça-feira (24/11), Boulos anunciou que suspenderia as atividades de rua e se dedicaria apenas a agendas com público restrito. No entanto, houve aglomerações ao redor do candidato. O Metrópoles observou desrespeito ao distanciamento social em alguns desses compromissos, apesar dos esforços da equipe do PSol.

Segundo a assessoria do candidato, “diante do resultado positivo, Guilherme Boulos irá cumprir o protocolo de quarentena pelo período necessário. Toda a equipe que trabalha na campanha e que tem contato próximo com o candidato será testada a partir de agora”.

Últimas notícias