Na Petrobras, comitê aprova general Silva e Luna para presidência

Comitê de Pessoas do Conselho de Administração se reuniu nessa terça-feira (16/3) para deliberar sobre a elegibilidade do general

atualizado 17/03/2021 8:35

Bolsonaro indicou o general Joaquim Silva e Luna para o comando da PetrobrasMarcelo Camargo/Agência Brasil

A Petrobras informou, na noite dessa terça-feira (16/3), que o Comitê de Pessoas do Conselho de Administração aprovou a indicação do general Joaquim Silva e Luna, ex-diretor geral da Itaipu Binacional, para a presidência da companhia.

“Foi reconhecido pelo Comitê, funcionando como o Comitê de Elegibilidade (CELEG) previsto no artigo 21 do Decreto nº 8.945/16, o preenchimento dos requisitos previstos na Lei nº 13.303/16, no Decreto nº 8.945/16 e na Política de Indicação de Membros da Alta Administração da Petrobras, bem como a não existência de vedações”, informou.

Luna e Silva foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) via rede social. O chefe do Executivo se mostrou insatisfeito com a gestão do atual presidente da Petrobras, Castello Branco, após uma sequência de altas nos preços dos combustíveis.

0

Como revelado pelo Metrópoles, auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) identificou falhas no processo de análise desse mesmo Comitê de Elegibilidade da Petrobras durante a avaliação de dois candidatos, nos últimos anos, para assumir o Conselho de Administração da estatal.

Últimas notícias