Covid-19 no Rio: nova fase vai vacinar profissionais com mais de 60 anos e coveiros

Até o momento, cidade do Rio de Janeiro já aplicou cerca de 60 mil doses no primeiro grupo prioritário

atualizado 25/01/2021 18:44

Vacinação no hospital Souza Aguiar, no RioDivulgação/Prefeitura do Rio

Rio de Janeiro – A Prefeitura do Rio começa nova fase de vacinação contra a Covid-19 nesta quarta-feira (27/1), a partir das 12h. Até o dia 3 de fevereiro, profissionais de saúde com 60 anos ou mais que atuam na cidade nas redes pública e privada deverão procurar uma das 236 clínicas da família e centros municipais de saúde para tomar a vacina.

Nesta fase, serão contemplados, com a devida comprovação, as seguintes categorias de profissionais com 60 anos ou mais: médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares, bem como funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados.

Por enquanto, a população não deve procurar os postos de saúde, porque a vacinação está restrita aos profissionais de saúde e a grupos específicos.

Duas vacinas

Importante esclarecer que as duas vacinas disponíveis serão utilizadas, a Coronavac e a da AstraZeneca. Sendo assim, o vacinado receberá a dose que for oferecida. Até o momento, a cidade do Rio de Janeiro já aplicou cerca de 60 mil unidades. Nesta segunda-feira (25/1), o município recebeu 76 mil da AstraZeneca. O uso total das doses ou reserva para a segunda etapa será orientado pelo Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde.

Últimas notícias