metropoles.com

Contador é encontrado morto com corpo carbonizado no quintal de casa

Segundo Polícia Civil de Goiás, familiares de Nilton de Paula Ferreira encontraram o corpo dele no imóvel, em Niquelândia, norte do estado

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução
Contador é encontrado morto dentro de casa em Niquelândia, Goiás
1 de 1 Contador é encontrado morto dentro de casa em Niquelândia, Goiás - Foto: Reprodução

Goiânia – Um contador de 41 anos foi encontrado morto com o corpo carbonizado, em Niquelândia, no norte de Goiás, a 305 km da capital. De acordo com a Polícia Civil, familiares de Nilton de Paula Ferreira, conhecido como Niltim, encontraram o corpo dele no quintal de sua casa. Motivação do crime ainda é investigada.

0

O caso ocorreu no sábado (21/5). Segundo a investigação, a suspeita é de que quem cometeu o crime tenha se encontrado com o contador na noite anterior ao crime. Um adolescente de 14 anos, que não tem vínculo com o crime, foi encontrado com o celular de Nilton e disse que achou o aparelho após escutar alarme soando no mato e ir até o local.

A Polícia Civil informou ao Metrópoles que, inicialmente, recebeu a denúncia de um veículo totalmente queimado na saída de Niquelândia. Em seguida, segundo a investigação, familiares de Nilton foram à delegacia registrar o desaparecimento do contador.

No quintal

O corpo de Nilton foi encontrado pelos familiares, no quintal da casa dele, localizada no Bairro Soares, enquanto a polícia registrava o carro carbonizado, que foi o ponto de partida das investigações.

Posteriormente, a polícia descobriu que o carro, um Fox Branco, era da vítima. O veículo foi encontrado em uma área de mata no início da GO-237.

No mesmo dia em que Niltim foi encontrado morto, o Conselho Regional de Contabilidade de Goiás (CRC-GO) publicou em suas redes sociais uma nota de falecimento, onde lamentou a morte do homem de 41 anos.

“Nilton foi um exímio profissional e entusiasta da contabilidade”, afirmou o órgão.

Tentativa

Nilton já havia sofrido uma tentativa de latrocínio em 2015. Segundo registros policiais, na época, o contador tinha 34 anos e foi agredido por três jovens, na entrada de sua casa, com pedaços de madeira. Na ocasião, ele foi abandonado em seu carro seminu, às margens da BR-414.

O Metrópoles não encontrou contato de familiares de Nilton até o momento em que publicou este texto, mas o espaço segue aberto para manifestações.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações