*

No “Domingão do Faustão”, Edson Celulari não poupou lágrimas. O ator, que sofria com linfoma não Hodgkin, mas se curou no ano passado, aproveitou o programa para agradecer o apoio recebido.

Além da família, ele contou que teve muito apoio dos fãs. “Recebi o carinho, a fé, as pessoas dizendo que colocavam meu nome em correntes de tudo, na encruzilhada, igrejas. Eu aceitava de braços abertos”. Assista à entrevista aqui.

O ator revelou também o medo que sentiu com o diagnóstico. “De repente, você se vê diante de uma doença tão grave e pensa: ‘Será que chegou a minha vez, será que é agora?’. É enfrentar ou enfrentar. Com calma, com jeito, equilíbrio emocional e perseverança”, disse.

O programa ainda contou com a presença dos filhos do ator, Enzo e Sophia. “Falei que tinha 90 e tantos por cento de chance, eles perguntaram: ‘Você não vai morrer, papai?’. Falei que não, eles grudaram em mim e não me largaram o tratamento inteiro, foi lindo”, relembrou Celulari sobre dar a notícia para os filhos.

Enzo disse que a informação foi uma bomba, mas ressaltou a atitude positiva do pai em relação à doença: “Ele demonstrou para a gente que estava ali para lutar, sempre erguendo a cabeça, demonstrando que estava forte, reagindo da melhor forma”.

“A gente se uniu muito como família, mais do que já é, e isso foi muito importante para ele. Isso me marcou demais, a gente está vivendo de um jeito muito melhor”, falou Sophia sobre a importância da família.

“A união é importante. Sem todo mundo e essa energia, a gente não teria conseguido”, finalizou Enzo.

 



COMENTE

 
Edson Celulari