*
 

Cerca de 1,5 mil manifestantes participaram da 10ª Marcha Nacional pela Vida Contra o Aborto, na tarde desta terça-feira (30/5), na Esplanada dos Ministérios, segundo estimativas da Polícia Militar. O grupo se concentrou a partir das 14h no Museu da República e seguiu pela Via S1 do Eixo Monumental até o gramado central do Congresso Nacional, onde fez o protesto.

De acordo com a PM, duas faixas da via foram fechadas durante o trajeto, mas, por volta das 16h, o trânsito já estava totalmente liberado. Caravanas de outros estados vieram à capital para participar da manifestação, organizada pelo movimento Brasil sem Aborto.

O grupo se opõe principalmente a ações que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) e preveem a descriminalização do aborto em casos de grávidas infectadas pelo vírus zika e até a 12ª semana de gestação. Pede também a aprovação do Projeto de Lei nº 478/2007, conhecido como o Estatuto do Nascituro, que está sob avaliação na Câmara dos Deputados.

O evento contou com o apoio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), da Federação Espírita Brasileira (FEB), do Fórum Nacional de Ação Social e Política (Fenasp) e do grupo Adira – Cidadania e Vida.

De acordo com a presidente do Movimento Brasil sem Aborto, Lenise Garcia, o tema da marcha deste ano foi “Toda vida é especial”. “Queremos a aprovação do Estatuto [do Nascituro], que garante às crianças o direito de nascer”, disse.

 

 

COMENTE

polícia militarEsplanadaProtestoabortoMarcha pela Vida
comunicar erro à redação