*
 

Uma onda de terror tomou conta do Maranhão nos últimos dois dias. Houve ataques a ônibus na região metropolitana da capital maranhense e em Imperatriz, totalizando dez veículos incendiados Na manhã de sexta-feira (30/9), homens não identificados incendiaram dois veículos de empresas terceirizadas que prestam serviço à Companhia Energética do Maranhão (Cemar).

Além disso, duas escolas foram incendiadas no bairro Sacavém. Na unidade municipal de ensino fundamental (UEB) Darcy Ribeiro, além de salas de aula, uma quadra de esportes foi atingida. Outro ataque foi registrado na UEB Carlos Saad, localizada na Vila Mauro Fecury I, região do Anjo da Guarda. Três salas ficaram destruídas. Parte do teto caiu.

No bairro São Cristóvão, uma agência bancária teve a fachada atingida por disparos de arma de fogo. Em nenhuma das ocorrências houve feridos. Ao todo, 23 suspeitos foram presos.

Presídio
Após os ataques, as forças de segurança pública fizeram um “pente-fino” nas unidades do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. O objetivo era buscar armas, drogas e celulares e desarticular criminosos que possam estar envolvidos nos atentados.

 

 

 

COMENTE

maranhãoComplexo Penitenciário de Pedrinhas
comunicar erro à redação