Relembre oito jogos incríveis do Brasileirão

POR samir mello

Em 2011, o encontro entre Neymar e Ronaldinho, representando duas gerações do futebol brasileiro, não decepcionou em um jogão que terminou em 5 x 4 para o Flamengo contra o Santos

Santos 4 x 5 Flamengo

Depois de 18 anos na fila, o Santos voltou a ser campeão em 2002, e em cima do Corinthians, com uma vitória por 3 x 2. Uma das jogadas marcantes foram as pedaladas de Robinho em cima do zagueiro Rogério

Corinthians 2 x 3 Santos

Em 1995, o Botafogo vencia seu primeiro e único título brasileiro contra o Santos. A segunda partida da final, um empate em 1 x 1, contou com dois gols irregulares e defesas milagrosas de Wagner

Santos 1 x 1 Botafogo

A Portuguesa surpreendeu todos em 1996, liderada por Zé Roberto e Rodrigo Fabri. Na final, chegou a vencer o primeiro jogo contra o Grêmio, mas na segunda partida, perdeu a chance de levar o torneio

Grêmio 2 x 0 Portuguesa

O Vasco não deu chances para o Flamengo em 1997, batendo o rival por 4 x 1, mesmo com um jogador expulso e com hat-trick de Edmundo. A vitória ainda garantiu o Cruz-Maltino na final

Vasco 4 x 1 Flamengo

Em 2007, São Paulo e Botafogo eram os dois melhores times do país. No confronto entre a melhor defesa e o melhor ataque, melhor para o Tricolor, que venceu no Maracanã e consolidou a arrancada para o título

Botafogo 0 x 2 São Paulo

Em um Corinthians x Internacional de 2005, o árbitro Márcio Rezende de Freitas expulsou Tinga num lance polêmico. O empate favoreceu o Timão, que acabou se sagrando campeão nas rodadas finais

Corinthians 1 x 1 Internacional

Em 2002, o Cruzeiro de Luxemburgo era uma máquina, com o melhor ataque e o artilheiro Deivid. O Coritiba até tentou complicar em um jogão, mas a Raposa venceu por 4 x 3 e chegou a 26 jogos de invencibilidade

Coritiba 3 x 4 Cruzeiro

TEXTO:
Samir Melo

IMAGENS:
Rede Globo

PRODUÇÃO DO STORIES:
Gui Prímola
Olívia Meireles

LEIA MAIS NO METRÓPOLES