Vai viajar para o Rio de Janeiro? Veja como evitar 10 erros comuns de turistas

Um dos roteiros mais amados no país, o destino também vive de paradoxos. Saiba como evitar dores de cabeça

atualizado 08/10/2021 12:30

Getty Images

Gostando ou não da cidade, o Rio de Janeiro é um destino conhecido mundialmente, visitado o ano inteiro por turistas de todas as partes do planeta.

Com boas praias, incluindo uma das melhores do Brasil (Ipanema), paisagens de tirar o fôlego, pontos turísticos famosos e inúmeras opções gastronômicas, culturais e de entretenimento, a cidade parece ter sido esculpida a dedo para agradar até os mais exigentes.

Mas o Rio de Janeiro também é a cidade do contraste, do paradoxo. Um retrato de um lado que nada orgulha o Brasil, pela violência e pelos problemas sociais que escancaram a desigualdade e demonstram as consequências da omissão da sociedade e do poder público. E essa imagem, muitas vezes, acaba ofuscando a beleza da cidade e afastando os turistas.

0

Veja como driblar problemas comuns para quem não conhece o destino:

1. Se preocupar demais (ou de menos) com segurança

Esse é o maior receio de quem não conhece bem o destino. A violência é um problema superpresente na cidade. Mas, infelizmente, não é muito diferente do que vemos nas principais capitais brasileiras.

Rapidamente você vai perceber que a atmosfera na cidade é normal, igual a qualquer outra cidade brasileira. E que, de dia e de noite, milhares de turistas aproveitam e se divertem muito.

Se você restringir sua visita às áreas turísticas, tomar cuidados como não usar joias, ouro e acessórios caros, não utilizar o celular nas praias ou calçadões (se quiser usar o celular, entre numa loja ou restaurante) e evitar portar bolsas ou mochilas com valores, conseguirá também diminuir a chance de sofrer um furto ou passar por situações de risco. Além disso, evite andar por locais desertos ou desconhecidos. Na dúvida, peça orientação!

Veja todas as dicas no site Melhores Destinos, parceiro do Metrópoles. 

Últimas notícias