Dez fatos que você precisa saber sobre as sonecas do bebê

A primeira soneca do dia é a mais importante. Além desse conselho, veja outras formas de regular o sono do seu filho

Bárbara BastosBárbara Bastos

atualizado 20/11/2019 12:42

Muitas famílias têm dúvidas sobre o sono do dia de bebês. Há aqueles que resistem, os que dormem demais, os que fazem sonecas de 20min, e os que trocam o dia pela noite.

O blog Mil Dicas de Mãe compartilhou algumas lições que ensinam como lidar com as sonecas dos pequenos.

Confira:

  1. A primeira soneca do dia é a mais importante. Geralmente, é ela que vai ditar o resto do dia. Se a primeira soneca for ruim, a chance das outras também serem é muito grande. A dica é se dedicar bastante para que seu bebê faça uma primeira soneca restauradora, para não correr o risco de passar o dia todo cuidando do sono do dele;
  2. A transição para uma única soneca geralmente acontece dos 15 aos 18 meses, mas alguns bebês já começam a dormir uma vez apenas por dia após os 12 meses. Não force as transições. Cada bebê é único e tem sua necessidade de sono individual, e a transição deve acontecer naturalmente – o bebê vai passar a negar a primeira soneca, então, você pode adiantar um pouco o almoço no começo da transição para que seu bebê durma após o almoço.

Quer ver outros conselhos para melhorar o sono do seu filho? Continue lendo neste link.

Últimas notícias