Reforma low cost transforma apartamento de 63m² na Octogonal

O projeto, criado pelas arquitetas da Aobá Arquitetura, foi idealizado para um senhor colecionador de arte e mobiliário de design

atualizado 10/09/2018 17:57

Haruo Mikami/Divulgação

Luminárias de plástico, cimento aparente, porta de vidro de box que se transforma em mesa para escritório. Em tempos de crise, quando falta dinheiro para fazer grandes reformas, a criatividade é palavra de ordem nos projetos de arquitetura. Daniella Rauber e Tatiana Lopes, da Aobá Arquitetura, usaram a imaginação para dar vida nova e funcionalidade a um apartamento de 63m² na Octogonal.

“O morador tem 60 e poucos anos, é engenheiro e artista plástico e, além de apaixonado por arte, possui vários quadros e móveis de design. Ele curte o material no estado bruto, por isso, decidimos manter a base neutra, com cimento e concreto, para dar destaque ao que ele já tinha”, conta Daniella. A ideia era criar um ambiente amplo e integrado, com uma pegada industrial e paredes brancas texturizadas, mas nada muito ousado para o dono do imóvel. Apesar de versátil, o apartamento devia ser uma mistura de clássico com rústico.

Para baratear o projeto, a iluminação é aparente, com peças de plástico, o acabamento nas paredes e teto são rústicos e até uma pia de tanque foi instalada no lavabo, que faz, às vezes, de área de serviço. “Fazer reforma a custo baixo é sempre um desafio, as pessoas querem intervir muito com pouco dinheiro. A maioria da nossa clientela tem esse perfil”, completa Tatiana.

Como grande parte dos móveis já era do morador, as arquitetas pensaram o projeto com a localização de cada item para dar o destaque devido às peças.

Confira as fotos do projeto:

0

Últimas notícias