*

A melhor maneira de celebrar a Páscoa é reunir a família em torno de uma bela mesa. O feriado, comemorado por fiéis ao redor do globo, é motivo mais do que especial para caprichar na decoração e mostrar a todos os dotes de bom anfitrião.

Para impressionar os convidados, não é preciso gastar muito. Basta uma boa dose de criatividade. É o que atestam a artista plástica Célia Estrela e as decoradoras Anete Carrard e Fabiani Christine.

A pedido do Metrópoles, as profissionais de Brasília elaboraram inspiradoras mesas pascoais, além de listarem uma série de dicas de décor. Confira:

Célia Estrela, autora dos livros Um Brinde ao Encontro e Mesas de Natal, diz que guardanapos de tecido e flores naturais são indispensáveis em eventos festivos. “Para causar o efeito desejado, nada ultra sofisticado é necessário. Os guardanapos, por exemplo, podem ser feitos de algodão. As flores, colhidas no campo”, conta.

O ar lúdico da data pode entrar em cena com o uso de artigos igualmente despretensiosos. “Ovinhos decorativos trazem charme à composição e podem ser encontrados por um baixo custo. Se preferir, você mesmo pode fazê-los, com casca de ovo e pinceladas de tinta”, declara. Laços de fita e ninhos de palha também são destacados como elementos baratos e visualmente agregadores.

À frente da loja de locação de móveis A Garimpeira, Anete Carrard apoia a reutilização de peças, mesmo se tratando de uma festividade. “Se é a sua primeira vez como anfitriã de Páscoa, compre alguns artigos temáticos, como coelhinhos – de preferência em tons neutros para que eles possam ser reutilizados facilmente. Fora isso, use o que já tem em casa (pratos, copos, talheres e sousplats)”, aconselha.

“É possível compor múltiplas decorações trocando e adicionando apenas alguns detalhes. O importante não é adquirir uma infinidade de itens a cada ano, e sim abusar da imaginação para dar cara nova ao que já está no armário”, dispara.

Fabiani Christine, decoradora que comandou a papelaria Dot Paper por 15 anos e agora se dedica a um novo projeto, afirma que apostar em tons fortes é uma boa opção para quem busca criar uma estética menos caricata.

“Embarquei no azul escuro, cor que foge das óbvias verde, laranja e amarelo bebê, mas que funcionou muito bem neste caso”, opina. “Tenho essa louça há anos. Só decorei os coelhinhos com uma fitinha de mesma coloração, técnica fácil e econômica, mas que dá bossa”, entrega. Espalhar chocolates ao redor dos pratos, segundo ela, também ajuda a compor o mood pascoal.

A profissional resgatou a simbologia religiosa da data incluindo a Bíblia no décor. “Não podemos esquecer o real valor do feriado (a ressurreição de Cristo). Acrescente um artigo da sua religião à mesa e lembre-se de agradecer e ter bons pensamentos antes de iniciar a refeição”, indica.