Site “Meu Patrocínio” conecta mulheres ricas a jovens bonitões

O site “Meu Patrocínio” nasceu para unir homens bem sucedidos a garotas que desejavam ser sustentadas. Agora, mulheres ricas também têm a opção de encontrar um “sugar baby” para chamar de seu.

O site de relacionamentos “Meu Patrocínio” promete ser um canal que conecta pessoas interessadas em um relacionamento com benefícios mútuos. Ou seja, se você é um homem mais velho, bem sucedido e disposto a sustentar uma parceira, você pode ser um “Sugar Daddy”. Essa namorada será uma moça bonita em busca de um relacionamento com benefícios, cadastrada no site, a “Sugar Baby”.

Até então, o portal tinha somente a opção de unir homens endinheirados a pretendentes mais jovens. Mas agora é que são elas. As “Sugar Mommies”, mulheres ricas que querem um bonitão mais novo para namorar, também podem usar o site.

O portal, inaugurado em novembro de 2015, já tem 25 mil cadastrados, segundo a assessoria de imprensa. A página recebia, constantemente, pedidos de mulheres bem sucedidas em busca de alguém para mimar. “MeuPatrocinio.com apoia a igualdade entre os gêneros e sempre foi a nossa intenção ter a versão de Sugar Mommies neste primeiro ano. Com a alta demanda que recebemos através de entrevistas e comentários nas redes sociais nos últimos meses, decidimos acelerar o lançamento”, disse Jennifer Lobo, presidente da empresa.

As “Sugar Mommies” podem realizar o cadastro gratuitamente no site, mas, para interagir com rapazes, terão que pagar o pacote premium mensal no valor de R$ 199. Os pré-requisitos para encontrar um parceiro são aparência física, idade, localização e estilo de vida.

A opção, lançada no último domingo (8/5), veio com uma promoção: as “mommies” que se cadastrarem até 15/5 terão 20 dias gratuitos de acesso premium no site. “Queremos ter certeza que todos ficarão satisfeitos com nosso serviço, tanto a Sugar Mommy, que busca um rapaz para tornar sua vida melhor, quanto o Sugar Baby, que é um jovem ambicioso buscando uma mulher de alto valor”, completou Jennifer.