Shantal Verdelho lembra abuso sexual sofrido na infância: “Medo até hoje”

Violência aconteceu quando a influenciadora digital tinha 7 anos. Abusador era motorista da família

Shantal Verdelho tem usado a influência no mundo digital para alertar sobre abuso sexual infantil. A empresária e produtora de conteúdo on-line, que tem um episódio de violência sexual marcado a ferro e fogo na história, está abrindo cada vez mais espaço para a problemática em suas redes sociais.

Além de falar sobre o tema em perfis da internet, Shantal também tem concedido entrevistas sobre o assunto. Em recente relato à Glamour, ela lembrou o abuso sofrido aos 7 anos e contou como as marcas do passado têm impactado a criação de seu filho, o pequeno Felippo.

As violências sexuais (sim, foram mais de uma) aconteceram em Porto Velho, Rondônia. O abusador era o motorista responsável por levar Shantal e a irmã caçula à escola. “Não sabia se o que estava acontecendo ali era aquilo mesmo ou não. Demorei um pouco para sacar… ‘Isso não é nada, deve ter sido sem querer, passou a mão sem querer’. Enfim… Ele começou a passar a mão sempre que trocava a marcha do carro. De passar a mão nas minhas pernas, foi para as minhas partes íntimas. Subiu a mão para o short”, lembrou.

Ela contou que, para proteger a irmã mais nova das investidas do abusador, se prontificou a sentar sempre no banco da frente. “Quando entendi o que estava acontecendo, vi que não poderia acontecer. Ao mesmo tempo, não tinha coragem de falar para a minha mãe, meu pai ou para alguém. Para proteger minha irmã mais nova, me prontifiquei a sentar na frente do carro para ele não fazer isso com ela também”, disse.

Vitima de abuso sexual na infância, Shantal Verdelho transformou dor em ferramenta de fala

A influencer deu ainda mais detalhes sobre os abusos. “Lembro de algumas situações, como ele pegar nas minhas partes íntimas. De me fazer pegar nas deles. Começou a levar objetos no caminho até a escola. Lembro que levou um pau de madeira para eu segurar. Lembro que ele freava o carro rapidamente. Ele freva, acelerava, freava, acelerava, sabe? Para fazer movimento de vai e vem. Ele colocava a mão e eu não tirava. Morria de medo. Morria de medo da minha irmã ver. Era como se eu me sentisse culpada por tê-lo deixado chegar até ali”.

Foi quando o homem levou o pau de madeira para dentro do carro que Shantal entendeu a gravidade da situação e criou coragem de relatar os abusos à mãe. “Ela nunca duvidou e acabou falando que não precisávamos mais dele para irmos à escola. Fiquei com medo de contar por ele ser adulto, ter mais credibilidade e de que pudesse fazer algo contra minha família. Não tínhamos educação sexual na infância. Os tempos eram outros”, lamentou.

1/5
Shantal é casada com Mateus Verdelho
Juntos, eles tem um filho: o pequeno Filippo
Ela é empresária
E influenciadora digital
Ela é acompanhada por 1,3 milhão de seguidores no Instagram

As feridas da violência perduram até hoje. “Tenho várias consequências desse abuso e que voltaram após ser mãe. Tenho medo de que aconteça com o meu filho. Olho desconfiada, acho que algo sexual vai acontecer com meu filho ou comigo. Por exemplo, como será quando ele participar de excursões da escola em que precisa dormir fora ou quando quiser dormir na casa dos amigos? Não sei se conseguirei deixar. É algo a se trabalhar na terapia, que comecei a fazer”, declarou.

Ela revelou que, com o passar do tempo e a ajuda da terapia, tem aprendido a lidar melhor com as memórias do abusador. “O que posso fazer é ressignificar. Como tenho voz, posso ajudar contando minha experiência e incentivando as pessoas a detectarem os abusos e a procurarem ajuda”, concluiu.

Shantal tem 1,3 milhão de seguidores no Instagram. Ela ganhou fama na internet por suas postagens motivacionais e dicas de estilo de vida saudável.