O que esperar do 2º semestre de 2020? A astrologia aponta os caminhos

Daqui em diante, teremos breves momentos de tranquilidade, seguidos de períodos intensos e desafiadores

Você não precisa de um astrólogo para saber que 2020 tem sido um ano desafiador até agora. No entanto, os eventos astrológicos raros e poderosos que tivemos neste período já apontaram um ano histórico. Mas se você pensou que a primeira metade de 2020 foi intensa, aperte o cinto, porque a segunda promete ser tão agitada quanto.

Os astrólogos há muito tempo entenderam que 2020 seria um ano para os livros de história, embora ninguém soubesse exatamente como a energia tumultuada se manifestaria no que diz respeito aos eventos do mundo real. A primeira metade do ano apresentou um intenso stellium (conjunção com três planetas) de Capricórnio, alguns eclipses que alteraram a vida e uma enxurrada de planetas retrógrados, entre outros aspectos raros e significativos.

Daqui em diante, teremos breves momentos de tranquilidade, seguidos de períodos intensos, que nos farão – com certeza – evoluir e nos autoconhecer muito.

Marte Retrógrado: energia descontrolada

Marte estará retrógrado de 9 de setembro até 13 de novembro. E esse movimento dará o tom dos próximos meses. Isso porque, de todos os planetas retrógrados, Marte é o mais intenso por causa dos temas que ele rege (agressão, problemas de controle e raiva reprimida vindo à superfície).

Marte na astrologia é um planeta motivado, corajoso e pioneiro, que governa nossos desejos mais primitivos: guerra, raiva, autodefesa, sexualidade e muito mais. Marte apenas retrocede a cada dois anos e, quando isso acontece, pode ser uma época frustrante. Podemos esperar lidar com sentimentos reprimidos, bem como sensação de fraqueza e inércia.

Siga vendo as outras previsões para o segundo semestre de 2020 aqui