Do caloteiro ao mão de vaca: a relação de cada signo com o dinheiro

Entenda como o zodíaco pode influenciar na forma como você lida com as suas finanças

UnsplashUnsplash

atualizado 24/08/2019 11:31

É do tipo que intercala vários tipos de investimento, como fundos de renda fixa e Tesouro Direto? Ou segue a linha “deixa a vida me levar”, e geralmente acaba no cheque especial? A relação de cada pessoa com o dinheiro pode ser intrinsecamente ligada aos astros. Isso porque a forma como lidamos com a renda tem ligação com questões emocionais e traços da personalidade.

Astrologicamente, de maneira geral, o mês de agosto trouxe boas notícias ao aspecto financeiro. Mercúrio saiu do movimento retrógrado no primeiro dia do mês. Com isso, houve uma melhora na comunicação e na administração de bens. Famosa mundialmente, Susan Miller bateu na tecla: é hora de resolver de vez essas questões. As luas desse período favorecem o abastecimento do cofrinho. Já diz o velho ditado: quem poupa, tem.

O Metrópoles explica, abaixo, como cada signo reage diante do delicado assunto, que pode, igualmente, ser motivo de felicidade ou de tristeza.

Áries

Um pouco impaciente, não é de fazer investimentos a longo prazo. Talvez seja hora de deixar o jeito intempestivo para pensar em rendimentos de maior durabilidade, como uma previdência privada.

Touro

Donos da razão, indivíduos regidos pelo signo de touro costumam ter bastante certeza sobre o que querem – e isso vale para a “grana”. O conselho geral dos astros, entretanto, é saber ouvir o que profissionais têm a dizer. Que tal dar um pouco de voz a gerente do banco? Mais importante que ter razão é ver seu dinheiro se multiplicar.

Gêmeos

É aquela pessoa que adora saber a dívida alheia – mas, talvez, pudesse ter mais sucesso se focasse nos próprios boletos. Foco, geminiano!

Câncer

“Bipolar”, o canceriano se divide entre gastar com prazeres momentâneos e guardar uma reserva para os dias de vacas magras. O generoso “coração de mãe” pode atrapalhar, afinal, é o primeiro a emprestar dinheiro caso alguém precise. Cuidado com excessos.

Leão

O mundo até pode se render aos seus pés, mas o dinheiro, bem se sabe, não aceita desaforos. Se atente aos excessos com roupas, maquiagens e tratamentos estéticos. Ficar bonito é legal, mas pagar as contas é melhor ainda.

Virgem

“Rei da organização”, o virginiano entende os riscos do mercado financeiro e é do tipo que tem perfil ousado, de bitcoins a bolsa de valores. É do tipo que se pode confiar, sem medo.

Libra

Educado, mas teimoso, o libriano gosta de sempre ter razão, e a máxima vale para o que sai da carteira. Vale ficar atento a outras formas de multiplicar sua renda. A poupança, bem se sabe, não enriquece – quase – ninguém.

Escorpião

Possessivo, o escorpiano pode ser um pouco “mão de vaca”, pois tem dificuldade em “deixar as coisas fluirem naturalmente”. Fica a dica: gastos com lazer e investimentos em cultura podem fazer bem e trazer saúde mental.

Sagitário

Cuidado com o perfil “tudo ou nada”. Todos os meses, separe um pouca da renda em algum fundo que não possa ser consumido com viagens de última hora ou saídas inesperadas. Seja prudente, a conta um dia chega. Tranquilo e esquecido, pode ser aquele que precisa ser lembrado dos boletos via call center. O Serasa não perdoa!

Capricórnio

Controlador, o capricorniano é do tipo que mantém planilhas financeiras atualizadas e não gasta nenhum centavo com futilidades. Pensa no futuro e é excelente parceiro para sociedades em negócios.

Aquário

O aquariano não gosta de cobranças e costuma ser arredio quando cobrado sobre dívidas e investimentos. Se namora ou é casado com um, faça parecer que as ideias – da casa nova ao carro zero – sejam dele.

Peixes

É, como capricornianos, do tipo que faz planos, e isso envolve os recursos. Porém, pode ser sonhador demais, e acabar cedendo a impulsos. Controle esse ímpeto!

Últimas notícias