Conheça 11 vinhos para tomar geladinho e amenizar o calor do verão

Dê uma chance à bebida mais versátil do mundo e aposte nos rótulos leves para refrescar

Durante o verão, os vinhos costumam ficar esquecidos nas prateleiras. Afinal, as cervejas bem geladas ou os drinques em copos lotados de gelo são opções que enchem os olhos no calor. Mas, a bebida mais versátil do planeta tem seu valor durante os dias quentes e algumas variedades se adaptam perfeitamente às altas temperaturas.

Os vinhos brancos, rosés e espumantes são ideais para essa época do ano. Ao contrário dos tintos encorpados, que precisam ser servidos entre 14°C e 18°C e combinam com noites frias e comidas mais gordurosas, essas variedades leves são perfeitas para dias quentes e refeições frescas, típicas do verão.

Porém, os vinhos tintos não são completamente proibidos em climas quentes. Basta saber escolher: variedades leves e com menos taninos, como o Pinot Noir, são boas escolhas e podem ser servidas em temperaturas mais baixas.

Para os mais aventureiros, vale testar os drinques com vinhos e espumantes na receita. A Sangria, que mistura vinho tinto, gim, suco de laranja, água tônica e frutas como maçã e abacaxi em uma jarra, é servida bem gelada. O Clericot, quase uma sangria branca, junta vinho branco, licor de laranja, suco de limão e várias frutas. Já o Stargazer une Chardonnay gelado com rum, suco de abacaxi e xarope de baunilha – e, claro, bastante gelo.

O espumante é figurinha carimbada nos coquetéis mais tradicionais de verão: o Bellini (suco de pêssego e espumante), as Mimosas (suco de laranja e espumante) e o Rossini (suco de morango com espumante) são bons exemplos. A bebida (como alguns vinhos brancos e rosés leves) também pode ser servida sozinha, com gelo.

Confira alguns rótulos ideais para serem saboreados geladinhos e aplacar o calorão do verão!

(Passe o mouse sobre as imagens para saber mais sobre cada rótulo)